Quarentena do Coronavírus aumenta desgaste da prefeita de Ipojuca

 

Ipojuca é uma cidade bastante privilegiada, com uma geração de emprego muito forte no turismo, e o Porto de Suape a faz líder em arrecadação por habitante em Pernambuco.

Naturalmente, se torna o município no estado com mais condições de gerar qualidade de vida para sua população. Na campanha, a atual prefeita fez promessas megalomaníacas e não cumpriu, o que gerou um desgaste da gestão.

Desde que iniciou a quarentena, os trabalhadores do comércio e autônomos como barraqueiros da praia, jangadeiros, bugueiros e taxistas, perderam sua fonte de renda. O que tornou crescente a reclamação de como uma prefeitura rica, com orçamento de R$ 1 bilhão, e que pegou empréstimo de mais R$ 90 milhões, não ter tomado nenhuma atitude para ajudá-los. Os grupos de whatsapp da cidade estão cheios de áudios dos moradores afirmando que a prefeita deveria fornecer cesta básica para os que perderam suas atividades durante o isolamento social, e ameaçam voltar a trabalhar caso nada seja feito.

A situação está ruim para a atual prefeita.

2 comentários sobre “Quarentena do Coronavírus aumenta desgaste da prefeita de Ipojuca

  1. Primeira vez eu estou elogiando governador Paulo camera pelo ato de responsabilidade. E q ele cumpra oq estar prometendo….

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.