Raquel: “Pernambuco tem um enorme potencial de cultura e economia criativa e que precisa ser valorizado, como fiz em Caruaru”

By 14/07/2022 - 14:40Pernambuco
Foto: Divulgação

Em live promovida pelo Movimento Cultura Independente de Pernambuco, que reúne trabalhadores da cultura estadual, a pré-candidata ao Governo do Estado, Raquel Lyra, se comprometeu em preservar e incentivar a cultura, potencializando o seu valor social e econômico, com o apoio às manifestações tradicionais, mas também aos novos movimentos culturais realizados pela juventude, seja no interior do estado, no Recife ou na Região Metropolitana. Apoio técnico, desburocratização para o acesso a financiamento, além da abertura de espaços de realização e apresentação da nossa produção cultural são linhas de ação apontadas por Raquel.

Para Raquel, o que o estado hoje faz é dificultar a produção cultural e a economia criativa com um sistema burocrático que dificulta enormemente o acesso a financiamentos. “Quem faz cultura não tem que virar um especialista em trâmites burocráticos e ficar com um pires na mão atrás de pouco dinheiro do estado”, afirmou.

Ao longo da live, Raquel deu diversos exemplos de como transformou a cultura em um ativo social e econômico de Caruaru, e garantiu que fará o mesmo em Pernambuco.

“O estado deve agir como articulador e capacitador da cultura e da economia criativa e garantir que Pernambuco sempre tenha bons projetos culturais na prateleira para captar recursos nacionais e internacionais. Venho aqui como alguém que tem trabalhado pelo fortalecimento da cultura, como uma garantidora de nossa identidade e como potencial socioeconômico no nosso território”, defendeu.

“Em Caruaru, desapropriamos terrenos para que os artesãos pudessem utilizar o barro, que é matéria-prima do artesanato, para produzir suas peças. Garantimos também celeridade no pagamento de artistas que se apresentam no São João e criamos o Mercado Cultural Casa Rosa, um espaço que estava abandonado, foi estruturado e, hoje, realizamos eventos culturais e gastronômicos”, acrescentou a pré-candidata.

Raquel também lembrou que esteve reunida, recentemente, no Alto José do Pinho, com os MCs Troinha, Manerinho do Recife, Max e Dread, nomes importantes do bregafunk recifense. “A arte está nos bairros, nas comunidades, é a expressão de uma parcela imensa da nossa juventude, que faz da cultura um instrumento de construção do futuro. Eles são trabalhadores da cultura e, como todo trabalhador, precisam ter direitos e incentivo para a produção de sua arte. Fiz em Caruaru, farei em Pernambuco”, diz.

RESULTADOS – A partir da gestão de Raquel Lyra, o São João de Caruaru honrou o título de Maior e Melhor São João do Mundo e passou a ter 24 polos de animação espalhados pela cidade e pela zona rural, com o São João na Roça. O evento ganhou um olhar mais profissional. Mais de 80% dos artistas contratados na festa são habilitados pelo edital do São João. O edital foi mais um avanço conquistado e que garante, além da participação efetiva dos artistas locais, o pagamento dos seus cachês em dia. Importantes equipamentos culturais foram implantados: construção do novo Polo Gastronômico da Feira de Caruaru; a reconstrução da Casa Rosa, que hoje é o Mercado Cultural de Caruaru; da Casa da Mulher Artesã no Alto do Moura, além da reforma da Casa-Museu Mestre Vitalino e da requalificação da Estação Ferroviária. As reformas do Espaço Cultural Tancredo Neves e dos museus do Barro e do Forró estão em andamento.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.