Recife assume a liderança na geração de empregos formais no Nordeste

 

Levantamento do Novo Caged mostra um reaquecimento dos setores de serviços e comércio na capital. No ranking regional dos Estados, Pernambuco aparece na segunda posição, confirmando os bons resultados do Plano Retomada

O novo levantamento divulgado esta semana pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) aponta o Recife em primeiro lugar no ranking de geração de empregos entre as capitais do Nordeste no último mês de outubro. Foram registradas 16.728 admissões e 12.277 desligamentos, deixando um saldo positivo de 4.451 novos trabalhadores empregados, uma variação de 0,91%. O segundo lugar ficou com Fortaleza, que teve um saldo de 3.900 mil postos de trabalho, seguido por Salvador, com 3.393.

Os setores que mais contribuíram para elevar a capital pernambucana à liderança em outubro foram os de serviços (2.798 admissões), comércio (1.094) e construção civil (285). No acumulado do ano – de janeiro a outubro – Recife ficou na segunda posição, com um saldo de 23.396 contratações, enquanto Fortaleza obteve 30.746.

No mesmo levantamento do Novo Caged, o Estado de Pernambuco aparece em segundo lugar no ranking de outubro, com 44.388 admissões e 33.236 desligamentos, gerando um saldo positivo de 11.152 novos postos de trabalho, uma variação de 0,87%. Em termos quantitativos, a Bahia ficou em primeiro lugar, com um saldo de 12.462, mas com uma variação relativa de 0,70%. No acumulado do ano, foram registradas 429.076 contratações e 347.569 demissões, gerando um saldo positivo de 81.507 empregos, uma variação de 6,72%, posicionando Pernambuco também em segundo lugar no Nordeste no período de janeiro a outubro.

“Os resultados do levantamento do Novo Caged refletem claramente o esforço que temos feito em Pernambuco desde quando lançamos o Plano Retomada, no início de agosto passado, buscando reaquecer a economia do nosso Estado, a geração de empregos e renda para a população neste período de redução dos índices da pandemia do novo coronavírus, com o avanço da vacinação. Isso reflete também no crescimento do Recife. Os números nos deixam muito satisfeitos e, acima de tudo, reforçam a nossa confiança de que estamos no caminho certo”, afirmou o governador Paulo Câmara.

O secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, reitera que os dados mostram a eficácia do Plano Retomada, com a abertura de novos empreendimentos no Recife e no Estado, além do início do verão e o reaquecimento dos setores de serviços e turismo. Segundo Lopes, ao longo do próximo ano, Pernambuco estabelecerá a maior rede de apoio aos trabalhadores formais e informais, com a abertura de várias unidades da Central de Oportunidades, em parceria com os municípios. Oito delas já foram inauguradas.

BRASIL – De acordo com o Novo Caged, o emprego celetista no Brasil, em geral, apresentou crescimento em outubro, com um saldo de 253.083 postos de trabalho. Esse resultado decorreu de 1.760.739 admissões e de 1.507.656 desligamentos. No acumulado do ano, houve 17.209.495 admissões e 14.563.521 desligamentos, resultando no saldo positivo de 2.645.974 empregos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.