Recife Limpa: Ecobarco da Prefeitura reforça limpeza do Rio Capibaribe

Equipamento é empregado em manguezais que margeiam o Capibaribe e possui capacidade para coletar até 240 kg de resíduos. Prefeito João Campos acompanhou o trabalho feito na manhã desta sexta-feira (8)

 

O prefeito do Recife, João Campos, acompanhou, na manhã desta sexta-feira (8), os trabalhos de limpeza realizados pelo Ecobarco da Prefeitura. A ação, que integra o Recife Limpa, começou com a saída da embarcação do Iate Clube do Recife, em Brasília Teimosa, e seguiu pelo Rio Capibaribe. O equipamento, da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), tem capacidade para coletar até 240 kg de resíduos e é empregado diariamente na limpeza do rio, dando suporte também para as ações feitas nos manguezais.

 

“A gente lançou o Recife Limpa em outubro deste ano. Um programa que reforça e aprimora a limpeza urbana na cidade, com ampliação de frota, de equipe, de ações educativas e que trouxe também novidades como a varrição mecânica. E hoje a gente está aqui no Iate Clube do Recife para conferir o trabalho feito pelo Ecobarco, um equipamento da Prefeitura do Recife que faz a limpeza das margens do Rio Capibaribe, mais uma atividade do Recife Limpa. Viemos dar uma volta na bacia do rio, próximo ao Cabanga, que é um dos pontos onde há uma concentração grande de resíduos, e verificar a retirada desse material”, explicou João Campos. “A Prefeitura está investindo na limpeza urbana e eu aproveito para pedir a colaboração de todos os recifenses para fazerem o descarte correto do lixo”, complementou ele.

 

As intervenções para a limpeza de manguezais acontecem em frente ao Cais da Alfândega, ao longo da Rua da Aurora, no trecho compreendido entre a Rua da Imperatriz e a Avenida Norte, beneficiando também a vegetação que fica em frente à Casa da Cultura, o Cais José Estelita, no Cabanga e nos bairros da Jaqueira e Poço da Panela. Há ainda o trabalho de limpeza dos resíduos flutuantes do Rio Capibaribe.

 

O equipamento atua nas margens de todos os trechos navegáveis do rio, dentro do município do Recife, incluindo as ilhas do Centro do Recife, a Zona Norte até a BR 101, e na bacia do Pina e seus afluentes. A cobertura é de aproximadamente 35 quilômetros.

 

As iniciativas contribuem com a preservação do meio ambiente, retirando os materiais descartados incorretamente tais como garrafas plásticas, móveis e até equipamentos domésticos. A maioria do lixo removido são garrafas plásticas, mas, em algumas ocasiões, também são encontrados colchões, móveis, sapatos e peças de aparelhos eletrônicos, como televisores e computadores.

 

RECIFE LIMPA – O Recife Limpa, lançado neste ano, é um conjunto de ações da Prefeitura do Recife para ampliar a coleta de lixo na cidade e fomentar o descarte correto. O programa é realizado pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb).

 

Com o Recife Limpa, estão sendo ampliadas as ações de capinação e raspagem de sarjetas, varrição manual de vias, lavagem e desinfecção de logradouros, pátios de mercados e feiras livres e coletas com triciclos e caminhões de pequeno porte, entre outras atividades. A cidade do Recife contava com um efetivo de 3 mil pessoas envolvidas no trabalho de coleta e limpeza da cidade e, com o Recife Limpa, o serviço ganhou um incremento de 10% de efetivo, com mais 305 trabalhadores. A varrição, cuja capacidade era de 11,5 mil km mensais, saltou para 21,4 mil km mensais.

Fotos: Alessandro Potter/PCR

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.