Representantes da gestão municipal realizam visita técnica a produtores rurais de Paulista

Objetivo é identificar a produção orgânica para escoar sua comercialização no centro comercial urbano da cidade

Com o objetivo de identificar e quantificar a produção orgânica para escoar sua comercialização no centro comercial urbano da cidade de Paulista, na manhã desta quarta-feira (19/10), representantes da gestão municipal, junto com profissionais técnicos do IPA Instituto Agronômico de Pernambuco, estiveram na Mata do Ronca, no Bairro da Mirueira, para visitar produtores familiares. A visita também teve o intuito de prestar apoio técnico para melhoramento da produção, com técnicas de irrigação e de adubação do solo.

O produtor rural Júlio Bento, que possui uma área de 800 metros quadrados na região, realiza o cultivo de macaxeira, batata, tomate, berinjela, coentro, banana, acerola, pitanga, cupuaçu, couve, mamão, abacate,  dentre outras culturas, enfatizou sua satisfação em receber a visar da gestão municipal. “Aqui, nesta terra, tudo o que se planta dá. Ficamos felizes em sermos contemplados para termos o apoio técnico da gestão municipal, e assim, podermos aperfeiçoar na produção e poder vender, que é o mais importante, pois isso garante nossa renda”, frisou.

Durante a visita técnica, o engenheiro agrônomo do IPA, Adgerlan Codácio, destacou a importância desse trabalho. “Com a identificação da produção e a quantificação dela, assim como o mapeamento da área, podemos, ao lado dos técnicos da Prefeitura de Paulista, elaborar os planos de manejo do solo e os tipos de irrigação mais efetivos, assim como de compostagem para adubação do mesmo, tudo isso de maneira sustentável e sem a utilização de agrotóxicos, oferecendo à população do município alimentos saudáveis e de qualidade nutricional”, destacou Adgerlan Codácio.

“Os agricultores aqui produzem entre 200 a 250 quilos de alimentos, verduras, hortaliças e frutas por quinzena. Isso é algo expressivo e o mais importante, de forma natural, sem agredir o meio ambiente e sem usar agrotóxicos. Nada mais natural que os profissionalizar ainda mais, para que comercializem seus produtos de modo mais competitivo, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agropecuária e Pesca de Paulista, Raimundo Lopes. 

Ainda de acordo com o secretário, essa diretriz de ir até o produtor, faz parte da gestão atual da Prefeitura de Paulista. Na ocasião, o gestor também se mostrou satisfeito pela iniciativa. “Para nós é uma satisfação trazer todo o conhecimento de nossos técnicos e agrônomos a serviço desse setor tão importante da economia local em Paulista”, concluiu Raimundo Lopes

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.