Águas Belas: Roland e Genivaldo são acionados na Justiça Eleitoral por promessas e propaganda antecipada

O candidato a prefeito de Águas Belas Roland Povoas e seu padrinho Genivaldo mais uma vez foram parar na justiça eleitoral pela acusação de propaganda antecipada e promessas fora do período permitido. As irregularidades ocorreram no dia 17 de setembro, durante aglomeração provocada por eles com os moradores do distrito Garcia.

“Vou ser o prefeito dos pobres, irei dar dignidade a eles, vou dar comida, remédio, estrada, dignidade de criar os filhos deles com honra”, prometeu Roland aos moradores presentes.

O presidente do PC do B e ex-prefeito de Águas Belas, Genivaldo, também cometeu possíveis irregularidades no encontro caracterizado na acusação como showmício. Antes de sua fala, teve até música e dança com os correligionários, todos aglomerados. Além de desrespeitar o decreto estadual de enfrentamento à Covid-19, o ‘showmício’ infringiu as regras da Justiça Eleitoral.

O processo está sob apreciação da justiça. A condenação pode gerar multa de até R$ 25 mil aos infratores, conforme previsto no art. 36, §3º da Lei 9.504/97.

Roland Povoas é o candidato do ex-prefeito Genivaldo, que, com três contas rejeitadas pela Câmara de Vereadores de Águas Belas e pelo Tribunal de Contas do Estado, ficou ficha suja e, consequentemente, impedido de ser candidato.

Número do processo: 0600195-57.2020.6.17.0064

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.