Santa Cruz do Capibaribe alcança redução histórica no número de homicídios

By 01/10/2021 - 13:37outubro 5th, 2021Agreste Setentrional

Município finalizou o terceiro trimestre do ano com o melhor mês desde a implementação do Programa Pacto pela Vida.

O município de Santa Cruz do Capibaribe alcançou um feito histórico no final deste mês de setembro. De acordo com dados do 24º Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco, a cidade fechou o terceiro trimestre de 2021 alcançando a meta de redução aos Crimes Violentos Letais Intencionais (Homicídios) do Pacto Pela Vida, com o último mês sendo o melhor de toda série histórica do Programa.

Santa Cruz não registra novos homicídios há 53 dias. Além disso, o município fechou o mês em primeiro lugar no índice de diminuição no Agreste, e em segundo lugar no índice geral do Estado. “Essa conquista histórica é fruto de um trabalho sério e com dedicação. Nossa parceria com os departamentos da Polícia Civil e Militar é de extrema importância para conseguirmos tornar nossa cidade mais segura e tranquila. Vamos continuar trabalhando firme para que nossos números continuem diminuindo”, destacou o secretário municipal de Defesa Social, Coronel Varêda.

O Tenente-coronel Eduvando Roque, comandante do 24º BPM, celebrou a conquista e falou da importância da Guarda Municipal nesse trabalho. “Isso foi possível graças ao apoio incomensurável das forças de segurança pública municipais, em especial a Guarda Civil Municipal, que todo dia agrega forças e se junta a PM no combate à criminalidade. Quero agradecer o empenho e dedicação destes guerreiros e ao Coronel Varêda, no anseio da continuidade dessa parceria entre as instituições”, declarou.

A Secretaria de Defesa Social segue realizando ações em prol de outros setores da segurança pública, como o treinamento dos vigilantes de rua do município e a implantação da Patrulha Ambiental, dedicada ao combate de crimes ambientais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.