Secretaria da Mulher de Gravatá realizou curso de reaproveitamento de alimentos

By 20/09/2022 - 09:28Agreste Setentrional

Momento é um dos trabalhos de promoção do direito da mulher no município

A Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria da Mulher e do Centro de Referência da Mulher Ana Lúcia Pereira Beserra, ofereceu o Curso de Reaproveitamento de Alimentos, na tarde desta segunda (19).

Da banana saíram o bife à milanesa, feito da casca da fruta, e um doce gourmet, do arroz que sobrou do almoço, ou do dia anterior, pode ser feito um hambúrguer e quem diria que até um mix de tomate, pimentão verde e cebola poderia gerar um delicioso tempurá.

O instrutor, Ivan Vilar, que tem parceria com as empresas Instrutoria e Consultoria Gourmet, Tambaú, Santiago Transfer e Seletros, trouxe todas as dicas que tornam a vida da cozinheira mais prática e com muito sabor de onde nem se imagina.

Sandra Maria de Barros, 42 anos, é faxineira, mas pretende ingressar na área da gastronomia em breve. “Eu adorei esse curso, aprendi muitas coisas que eu não sabia e foi muito interessante. Eu tenho meu sonho de seguir na gastronomia e pretendo ganhar dinheiro com o que aprendi”.

No discurso para as alunas, Ivan Vilar destacou o papel dele nesse processo de aprendizado. “Estou à disposição e acredito que em breve teremos outro curso, além desse de reaproveitamento de alimentos. Eu acredito muito no empoderamento feminino ao botar a mão na massa e ter esse crescimento, até por uma experiência pessoal com minha mãe. Dentro da gastronomia foi uma forma que eu vi de trazer esse empoderamento feminino e ser parceiro de vocês. A gastronomia dá essa oportunidade de você empreender vários tipos de pratos e eu, como consultor, chef de cozinha e professor, tenho toda essa habilidade de dividir esse trabalho com as mulheres”.

A secretária da Mulher, Ester Gomes, falou de mais essa iniciativa que trabalha com o empoderamento feminino das gravataenses. “Essa é mais uma iniciativa da gestão pública municipal que enfoque no empreendedorismo feminino e são formas e caminhos de mostrar que é possível reaproveitar alimentos e transformá-los em pratos saborosos. O enfoque também é na disseminação em forma de negócio e é isso o que a secretaria visa, de promover esse empreendedorismo. Essas mulheres são oriundas de vários espaços, elas são atendidas aqui na secretaria, ou que de alguma forma já circulam nesse espaço preparado para elas e quando pensamos em reunir a gente sai propagando os cursos e elas mesmas vão chamando umas às outras e dessa forma conseguimos promover algo tão importante”.

Ao final do curso, foram entregues certificados às 15 alunas que participaram do curso.

Fotos: Anderson Souza (SECOM)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.