Secretária de Infraestrutura vistoria andamento de obras no Sertão

By 02/12/2021 - 10:20Pernambuco

Diversas obras estruturadoras em execução no Sertão do Estado foram vistoriadas, nesta quarta-feira (1º), pela secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista. Em agenda no Araripe e no São Francisco, a gestora conferiu a recém concluída requalificação da pista do Aeroporto de Araripina, além de verificar o andamento do trabalho de reestruturação de rodovias estratégicas para a região, dentro do Programa Caminhos de Pernambuco. As intervenções visitadas fazem parte do Plano Retomada, anunciado em agosto pelo governador Paulo Câmara, e, juntas, somam mais de R$140 milhões em investimentos.

A primeira etapa das obras de requalificação do Aeroporto de Araripina foi finalizada em outubro deste ano e contemplou a execução dos serviços de restauração do pavimento e a sinalização horizontal da área de movimento das aeronaves (pista de pouso e decolagem, taxiway e pátio) com o aporte de R$ 3 milhões. O fortalecimento da aviação regional é uma das metas do Governo de Pernambuco, que busca transformar o equipamento em um terminal habilitado para operar voos comerciais. Nesse sentido, uma das iniciativas planejadas é a implantação de um terminal de passageiros em container, no valor de R$ 444 mil.

Já em Ipubi, a secretária, que também estava acompanhada do presidente do DER, Maurício Canuto, visitou o andamento dos trabalhos de restauração da PE-576, no trecho de ligação que vai do município a Trindade, abrangendo 18,8 quilômetros. A obra, que está com 52% concluída, contempla os serviços de terraplanagem, reciclagem de base, pavimentação completa, drenagem, acostamento e sinalização horizontal e vertical. Com recursos em torno de R$ 38 milhões, as intervenções na rodovia devem ser finalizadas no primeiro semestre de 2022, reduzindo o tempo de viagem para mais de 60 mil pessoas e gerando mobilidade para exportação de produtos derivados do gesso, principal fonte de renda do Araripe, na qual a cidade de Ipubi é considerada a maior produtora gipsita.

“O Governo do Estado tem dedicado esforços no sentido de ampliar os investimentos voltados para a melhoria da infraestrutura viária, sobretudo, nesse período de retomada das atividades econômicas. As obras visitadas no dia de hoje são estratégicas, pois impactam no crescimento e no desenvolvimento dessas regiões, a partir da geração de emprego e renda nas próprias obras e do fortalecimento logístico para o escoamento da produção. Pernambuco irá investir, ao todo, R$ 2 bilhões dentro do Plano Retomada apenas para a reestruturação da malha viária”, destaca Fernandha Batista.
A secretária ressaltou, ainda, que apenas para a região do Araripe, o governador autorizou quase R$ 200 milhões para a requalificação da malha viária, além de R$ 150 milhões para as estradas do Sertão do São Francisco.

Dando sequência à agenda, a comitiva esteve na PE-550, que está sendo completamente restaurada. A iniciativa, que atualmente está 64% executada, abrange uma extensão de 46,5 quilômetros, a um investimento de R$ 26,6 milhões. Os trabalhos na via estão divididos em dois segmentos: o primeiro (com 24,1 km) segue a partir da BR-428, em Caraíbas, passando pelo projeto Fulgêncio, e o segundo (com 22,4 km) segue dali até o distrito de Urimamã. As ações contemplam os processos de terraplenagem; reciclagem de base; pavimentação; drenagem e sinalização. A requalificação da PE-550 está beneficiando diretamente mais de 85,5 mil habitantes daquela região, responsável por parte significativa da produção de frutas no Estado de Pernambuco. A expectativa é de que as obras sejam entregues no primeiro trimestre do próximo ano.

A parada seguinte foi para conferir a obra de implantação e pavimentação da PE-499, com extensão de 31,96 quilômetros, no trecho de ligação entre Terra Nova e Cabrobó. Com aporte de R$ 48,5 milhões, a intervenção deve ser concluída até agosto de 2022, proporcionando agilidade nas viagens, conforto e segurança para 45 mil habitantes. Os municípios têm tradição na piscicultura, na caprinocultura e na agricultura irrigada, através da produção de melão, melancia, tomate e cebola. No momento, os serviços somam 23% de execução. A intervenção é um desejo antigo dos moradores e vai contribuir para a redução do percurso, que antes era de 100 quilômetros.

Por fim, os gestores estiveram em Lagoa Grande, onde puderam ver de perto o andamento da requalificação da PE-574, conhecida como a estrada da uva e do vinho. A rodovia está situada entre a cidade e o município de Santa Maria da Boa Vista, possuindo extensão de 62,1 quilômetros. A intervenção, atualmente com 10% executada, beneficiará uma população de 67,5 mil habitantes, ao investimento de aproximadamente R$ 31,8 milhões. A obra deve ser finalizada no primeiro semestre de 2022. A recuperação da estrada é fundamental para o escoamento da produção da região, que gera 10 mil empregos e produz, anualmente, cerca de 20,5 milhões de quilos de uva e sete milhões de litros de vinho, exportados para outros estados e países. Acompanhou a agenda o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos.

CAMINHOS DE PERNAMBUCO – O Programa Caminhos de Pernambuco, instituído por meio do decreto estadual nº 48.783/20, prevê a reestruturação da malha viária estadual e contribui para o fortalecimento da infraestrutura rodoviária, que é um dos eixos estratégicos para o desenvolvimento econômico do Estado. Cerca de R$ 770 milhões estão sendo investidos atualmente para a reconstrução de quase 800 quilômetros de rodovias, considerando obras concluídas e em andamento.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.