Suape recebe maior navio de cargas já atracado em águas pernambucanas

By 17/03/2023 - 14:45Pernambuco

Porta-contêiner APL Dublin chegou ao atracadouro no último sábado (11)

Mais um dia histórico para o Porto de Suape. O atracadouro recebeu um navio porta-contêiner de classe mundial e de maior comprimento já registrado em águas pernambucanas. Trata-se do APL DUBLIN, navio com bandeira de Singapura, da empresa armadora CMA CGM. A embarcação, com comprimento de 347,29 metros e largura de 45,28 metros e com calado máximo de15,5 metros, tem capacidade para transportar 10.700 TEU’s (unidade de contêiner de 20 pés).

O navio, pertencente a classe de maior extensão presente no Brasil, ficou atracado no Cais 1 até a manhã de segunda (13), seguindo viagem ao Porto de Santos, em São Paulo. A embarcação movimentou mais de 1.500contêineres em sua passagem por Pernambuco, entre carga e descarga. “A chegada de um navio desse porte ressalta a estrutura diferenciada de Suape. Além da localização estratégica do porto, contamos com berços adequados, equipe preparada e águas profundas, cenário perfeito para receber esse tipo de embarcação. Foram anos de planejamento e simulações para possibilitar o recebimento dos navios de grande porte. Hoje, alcançamos mais um recorde portuário, ganhando destaque nacional e internacional,” afirmou o diretor de Gestão Portuária da estatal, Nilson Monteiro.

O atracadouro tem capacidade e estrutura para receber navios da classe New Panamax, com 366 metros de comprimento e capacidade para transportar mais de 14.000 TEU’s, embarcações maiores do que o APL Dublin, de acordo com a Portaria 037/2021,emitida por Suape com autorização da Marinha do Brasil. Em julho de 2022,Suape recebeu o navio MSC NEW HAVEN, com 333,99 metros e capacidade para transportar até 8.084 TEU’s. Até então, era o maior da história do porto.

HUBPORTO

Porto de Suape se destaca como concentrador de cargas para regiões Norte e Nordeste, contribuindo com a capacidade logística de todo o país. É líder no Norte/Nordeste na movimentação de cargas conteinerizadas. “Os resultados são fruto de muito conhecimento técnico aplicado e trabalho em equipe, entre os diversos atores envolvidos. O time é preparado e se capacita para receber, da forma mais segura e eficiente, embarcações de porte cada vez maior, de todos os locais do mundo.”, ressalta o Head de Operações Portuárias de Suape, Felipe Fonseca.

SOBRE SUAPE
Fundado há 44 anos, no Litoral Sul de Pernambuco, entre os municípios de Ipojuca e Cabo de Santos Agostinho, o Complexo Industrial Portuário de Suape é considerado uma das principais locomotivas de desenvolvimento do Estado, atraindo grandes empreendimentos em suas cadeias produtivas. Situado a apenas40 quilômetros do Recife, está instalado em uma área de 17,3 mil hectares(incluindo áreas adjacentes. Exemplo em sustentabilidade, 59% do território ocupado pela estatal pernambucana compõem a Zona de Preservação Ecológica (ZEPC). 

Em 2022, o atracadouro registrou movimentação de 24,7 milhões de toneladas, aumento de 12% em relação ao ano anterior (22 milhões de toneladas),mantendo a liderança nacional em transporte de granéis líquidos e navegação por cabotagem (entre os portos do país). Os granéis líquidos (derivados de petróleo) representam 72,1% do total de cargas transportadas, seguidos de carga conteinerizada (22,8%), granel sólido (2,7%) e carga geral solta (2,4%).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.