TCE-PE aponta que Bruno Pereira deixou uma dívida de quase R$ 1,5 milhão com INSS

TCE-PE ainda acusou o ex-prefeito de criar dívida superior a R$ 6 milhões sem ter dinheiro para pagar

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) apontou em relatório que a gestão do ex-prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira, deixou um de arca com R$ 1.460.138,16 com o Regime de Previdência. A dívida é referente apenas ao exercício de 2018.

O TCE-PE ainda registrou que, ainda em 2018, o ex-prefeito deixou uma dívida de R$ 6.290.281,65 sem disponibilidade de caixa, ou seja, fez a prefeitura gastar sem ter o dinheiro para pagar.

No final de 2017, a gestão de Bruno Pereira foi alvo de operação policial da DRACO, por suspeita de corrupção, e foi afastado do cargo de prefeito.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.