Timbaúba passa feriado da independência coberta por lixo

Com o último decreto de Nº029 expedido pelo prefeito de Timbaúba, no dia 31/08/2020, a partir do dia 03/09/2020, foram suspensos todos os contratos temporários da secretaria de obras, educação, assistência social, administração, agricultura, cultura e planejamento.
A onda de protestos foram intensos nesse último fim de semana, com o lixo pós feira deixado na cidade o mal cheiro nas ruas continua insuportável. Alguns manifestantes chegaram a deixar lixo na porta da prefeitura em rejeição ao ato do prefeito.

Os jogos políticos andam afetando a rotina dos timbaubenses.
A gestão exige a liberação de uma suplementação de aproximadamente 14 milhões de reais alegando que as demissões são por falta de recurso. Em resposta, os vereadores da oposição justificam que o projeto orçamentário 2020 contempla os serviços e contratações, estão zelando pelo dinheiro público temendo que esta suplementação se torne financiamento de campanha.
Outra polêmica é que o prefeito em suas redes sociais afirmou que estaria demitindo profissionais da educação pelo mesmo motivo, sendo desmentido pelo próprio sindicato através de documentos.
Seguindo a cidade coberta de lixo e mal cheiro por que os garis também tiveram demissão em massa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.