Tour com audiodescrição é a novidade da exposição “20por1”, em cartaz no Cais do Sertão

By 27/04/2022 - 21:32Pernambuco

visita guiada integra a programação da mostra individual de Bozó Bacamarte e será realizada nesta sexta-feira, 29, às 15h

Atuando na comunidade cultural pernambucana há quase 10 anos, o Centro Cultural Cais do Sertão tem apostado cada vez mais em proporcionar a melhor experiência para todos os públicos que frequentam o local. Trazendo a acessibilidade para o centro de sua narrativa e capacitando os educadores do museu para receber os visitantes, o espaço, que abriga atualmente a exposição “20por1”, do artista visual pernambucano Bozó Bacamarte, receberá, nesta sexta-feira (29), dentro da programação de ações da mostra, tour com audiodescrição para pessoas com deficiência visual. 

A atividade será mediada pela gestora do Centro de Referência de Ensino da Prefeitura do Recife, Michelle Alheiros, e pelo diretor da Associação Pernambucana de Cegos – APE, Michell Platini, a partir das 15h. “Desde a estreia, a exposição de Bozó conseguiu acolher um público variado. A partir da abordagem do tradicional e do urbano, o artista consegue aproximar os pernambucanos da nossa cultura, da nossa vivência. A ação para o público cego e surdo é mais uma iniciativa que colabora para a inclusão, tão necessária nos dias de hoje”, salienta a secretária de Turismo e Lazer, Milu Megale.

As 27 peças que compõem a mostra “20por1” contam com libras nos textos e nos vídeos, além de QR Code, que permite conferir informações especiais sobre as obras e o autor. ”Na exposição, vamos juntar desde as obras mais antigas até as mais recentes. São 20 anos de trabalho e as pessoas vão encontrar esse grande cardápio. Vão observar e perceber que parece uma exposição coletiva porque o trabalho evolui muito. Então, vai ter várias linhas e segmentos e eu não me prendo a isso. Vai ter obras em preto e branco, obras com o colorido, não me prendo. eu sou essa confusão”, comenta Bozó.

Além da mediação especial na exposição de Bozó, o Cais oferece, em todos os dias de funcionamento, mediação por audiodescrição para deficientes visuais. Por meio dela, os participantes têm a oportunidade de conhecer a fachada do museu, a Praça do Juazeiro, a Vitrine Jóias da Coroa – que exibe os gibões de Luiz Gonzaga -, além de fazer a experimentação acessível das peças, das maquetes e do busto do Rei do Baião. A técnica de experimentação tátil inclui também o mapa da bacia hidrográfica do Rio São Francisco e a Sala Sertão Mundo.

20POR1: ENCONTRO DA XILOGRAVURA COM A ARTE URBANA

Ocupando a Sala Moxotó, no módulo 2 do Cais, a exposição individual do artista visual Daniel Ferreira, mais conhecido como Bozó Bacamarte, deixa à vista  a pluralidade da comunidade artística pernambucana. Por meio de 27 peças, ele apresenta a trajetória artística do Movimento Arte Urbana e o caminho percorrido ao longo de duas décadas de atuação na arte da xilogravura. A mostra ficará em cartaz até 29 de maio.

O Cais do Sertão é um equipamento gerido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer e da Empetur, e funcionará, nesta quarta-feira, 28, das 10h às 16h. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Mais informações podem ser facilmente acessadas no perfil oficial do instagram @caisdosertao.

SERVIÇO

Mediação com audiodescrição na exposição “20por1”

Dia: sexta-feira (29)

Horário: 15h

Onde: Sala Moxotó – Cais do Sertão

Visitas ao Cais do Sertão

Horário de funcionamento no feriado: 10h às 16h;

Endereço: Armazém 10, Av. Alfredo Lisboa, s/n – Recife, PE, 50030-150

Informações: Instagram @caisdosertao

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.