Transporte escolar de Gravatá é bem avaliado em auditoria do TCE-PE

By 04/05/2022 - 13:23Agreste Central
Foto: Anderson Souza (SECOM)

Fiscalização abrangeu todos os 183 municípios de Pernambuco, exceto a capital que não possui esse tipo de serviço, e classifica a cidade do Agreste no segundo melhor grupo do estado

O transporte escolar de Gravatá está bem avaliado, de acordo com uma grande operação de fiscalização realizada pelo Tribunal de Contas do Estado – TCE/PE, divulgada no último dia 27 de abril, a qual avaliou os equipamentos de todos os 183 municípios de Pernambuco, exceto a capital do estado, Recife.

Este dado é uma prova concreta de que a gestão do prefeito Joselito Gomes demonstra mais uma vez o compromisso com as pessoas, sobretudo com os estudantes da rede municipal de ensino de Gravatá.

Os auditores avaliaram documentação, como a idade e as condições dos veículos, se o modelo é adequado à finalidade, se o serviço é prestado com autorização do DETRAN/PE e se os condutores são devidamente habilitados para a função.

A partir desses dados, foram atribuídos “scores” entre 5 e 90, no qual o menor número corresponde a menor quantidade de irregularidades encontradas. Gravatá ficou no segundo melhor grupo avaliado, com o score 57.

A secretária de Educação de Gravatá, Ninha Professora, fala do empenho da gestão municipal em oferecer o melhor serviço para os estudantes da cidade. “O resultado do transporte escolar está bem avaliado pelo Tribunal de Contas do Estado é o compromisso da gestão do prefeito Joselito Gomes em buscar sempre melhorias na Educação, neste caso melhorias no transporte escolar para que nossos alunos possam ter o percurso de sua casa até as escolas e vice-versa, de maneira segura. Fizemos a aquisição de novos ônibus, realizamos a entrega de cinco novos veículos que transportam nossos estudantes com qualidade e segurança”.

De acordo com o TCE-PE, o transporte escolar é uma das políticas públicas de maior relevância socioeducacional do Brasil, representando, em muitos casos, a única conexão viável entre a residência do aluno da zona rural e o ambiente escolar mais próximo da sua casa. Por conta disso, a temática foi incluída entre os projetos prioritários do Plano de Controle Externo 2021-2022 do TCE.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.