Triplicação da BR-232 no acesso ao Recife começa a sair do papel

Foto: Rodolfo Loepert

Prefeito João Campos e governador Paulo Câmara formalizaram grupo de trabalho para dar início ao processo nesta quinta-feira (7), quando também foi publicado decreto estadual desapropriando áreas próximas à BR para viabilizar o projeto

Compromisso assumido pelo prefeito João Campos, ainda em campanha, o processo para viabilizar a obra de triplicação da BR-232 começou a dar os primeiros passos nesta quinta-feira (7). Após a publicação no Diário Oficial do Estado, do Decreto n° 50.048, que trata da desapropriação de áreas próximas a BR para a viabilização do projeto, o prefeito e o governador Paulo Câmara assinaram portaria instituído o grupo de trabalho conjunto entre Governo do Estado e Prefeitura do Recife que vai tornar a obra realidade.

“Hoje o governador Paulo Câmara publicou o Decreto para a desapropriação da faixa de domínio para a BR-232, no trecho que vai da Ceasa ao Atacado dos Presentes, para poder viabilizar a triplicação. E hoje, fizemos a assinatura da criação de um grupo de trabalho do Governo do Estado e da Prefeitura do Recife para que este grupo tenha como objetivo, nos próximos meses, começar a obra de triplicação, que a gente vai fazer conjuntamente, Governo e a Prefeitura, tanto a desapropriação quanto a obra, então um compromisso que vai ser realizado para a melhoria do acesso do Recife pela BR-232”, explicou o prefeito João Campos.

O grupo será formado por integrantes das secretarias estaduais de Infraestrutura e Recursos Hídricos e de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Governo do Estado, além de representantes das secretarias municipais de Infraestrutura e de Política Urbana e Licenciamento. A formalização do grupo ocorreu em ato realizado no Palácio do Campo das Princesas e contou com a participação da vice-governadora Luciana Santos e do secretário municipal Política Urbana e Licenciamento, Leonardo Bacelar, e da secretária estadual de Infraestrutura, Fernandha Batista.

Já o governador Paulo Câmara comentou que o grupo se tratava de uma importante ação junto a Prefeitura do Recife. “Agora vamos dar celeridade aos projetos, todos os licenciamentos, a tudo o que precisa ser feito, para esse avanço que vai garantir o ir e vir das pessoas ao Recife, com mais qualidade mais velocidade, mais celeridade, e acima de tudo buscando realmente a integração e o desenvolvimento não apenas para o Recife mas também para o estado de Pernambuco”, disse.

Além de realizar o planejamento e execução das obras de triplicação da BR-232, o grupo de trabalho irá acompanhar os processos de desapropriação, regularização fundiária, licenciamento urbanístico e ambiental, e também buscar soluções em casos de interferências que causem impacto na área de influência da obra. O investimento previsto para a realização dos serviços na via, que é o principal acesso ao Recife, é de cerca de R$ 145 milhões.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.