Tupanatinga: Vereador Welysson de Quinca pode sofrer impugnação da candidatura e ficar fora das eleições

Restando 45 dias para as Eleições Municipais de 2020 que se realizará em 15 de novembro, o atual vereador de Tupanatinga, Welysson de Quinca foi pego de surpresa com um pedido de impugnação de sua candidatura em busca da reeleição. Welysson teve sua candidatura homologada pelo Partido Patriota de Tupanatinga em convenção realizada no dia 12 de setembro do corrente ano. Ele tem o prazo de sete dias para se defender da impugnação e tentar manter sua candidatura.

O pedido de impugnação se deu pelo motivo do ora impugnado ter se filiado fora do prazo previsto na lei das eleições que determinava que quem desejasse concorrer às eleições municipais deveria tá filiado até o dia quatro de abril de dois mil e vinte, sendo que o vereador Welysson de Quinca se filiou apenas no dia vinte e oito de abril de dois mil e vinte. Segundo uma fonte de reserva, toda essa confusão da filiação errada e fora do prazo foi causada por um secretário municipal, que operadorava o sistema de filiação e tinha atuado de forma proposital, para rifar Welysson de Quinca da disputa, pois ele estaria sendo cotado pra compor chapa com o atual prefeito, e que tudo isso foi planejado como forma de tirar uma pedra do caminho. Apesar de advogado o vereador Welysson de Quinca confiou na equipe do prefeito e agora se vê prejudicado na busca de sua reeleição.

A ação de impugnação foi protocolada pelo a Frente Popular de Tupanatinga no dia de ontem na justiça eleitoral de Itaíba, conforme confirmamos ao acessar o sistema do “divulgacandcontas” e acessar o requerimento de registro de candidatura do candidato.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.