Uchoa parabeniza Dona Menininha do Alfenim, de 93 anos, pelo título de Patrimônio Vivo de Pernambuco

O deputado estadual Guilherme Uchoa Júnior se congratulou neste sábado(5) com a doceira de Agrestina, Maria de Belarmina, de 93 anos, conhecida por Dona Menininha do Alfenim, eleita ontem no prêmio Patrimônio Vivo de Pernambuco.

Em reunião realizada no formato online pelo Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural(CEPPC), Menininha é a única representante do Agreste pernambucano nesta edição.

A Mestre Belarmina figura agora entre os 69 “Patrimônios vivos” titulados.

Uchoa, que tem base eleitoral naquele município, disse que a família de Menininha é a única que ainda faz o doce na cidade. “A guloseima feita de açúcar em forma de animais e flores, e o que mais a imaginação permitir, está cada vez mais difícil de ser encontrada naquela região, assegurou ele.

Segundo o parlamentar, ela já deixou de fazer o Alfinim, mas tratou de ensinar aos cinco filhos o legado que começou na família há mais de 100 anos. “Ela aprendeu o ofício com o pai quando tinha apenas 9 anos de idade”, comentou.

Ainda de acordo com ele, o prêmio se estende a toda sua família, que sempre se dedicou à arte da doceria.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.