‘Vamos surpreender’, diz candidato Charbel em encontro com Marcel van Hattem

By 03/10/2020 - 18:32BlogFalaPE

Em almoço com deputado federal, candidato à prefeito do Recife segue confiante para a eleição

Nem mesmo o resultado da pesquisa divulgada pelo Ibope nesta sexta-feira (2) tirou a confiança do candidato do Novo, Procurador Charbel, para as eleições de novembro. Neste sábado (3), em almoço no Pina, que contou com a presença do deputado federal Marcel van Hattem (Novo-RS) e os 13 candidatos a vereador da sigla, Charbel declarou que sua campanha vai repetir o feito de Romeu Zema, eleito governador em Minas Gerais há dois anos.

“Somos de direita e diferente de tudo que tem de opções para o eleitor do Recife. Não fazemos alianças, não utilizamos dinheiro público, somos ficha limpa e não temos integrante na equipe com passagem por governos de esquerda. Nossas ideias, valores e propostas são completamente diferentes dos demais candidatos, mesmo os que se dizem de direita. Duvidaram de Zema em Minas; duvidaram de João Amoedo, que conseguiu excelente votação para presidente; e estão duvidando de mim. Vamos surpreender novamente! A campanha só está começando. A pesquisa entrevistou apenas 805 pessoas. O eleitorado do Recife supera um milhão”, disse Charbel.

Já o deputado federal Marcel van Hattem, considerado um dos destaques da política nacional – inclusive recebeu destaque no Prêmio Congresso em Foco 2019 (líder no apoio ao empreendedorismo e quinto na eleição de “melhor deputado”) – destacou que Recife precisa acabar com a sua “capitania hereditária” dos últimos anos. De acordo com o gaúcho, o crescimento rápido do partido, de sua fundação em 2015 até hoje, faz com que os candidatos do Novo sejam a esperança para uma reformulação na capital pernambucana.

“Em cinco anos, já elegemos um governador, oito deputados federais e 12 estaduais. Chegou a hora de termos um prefeito, e será Charbel. Estamos crescendo muito rápido. Os outros candidatos falam em defesa da família brasileira, mas a realidade é que beneficiam apenas suas próprias famílias. O Brasil precisa de um basta dessa gente de esquerda, isso não pode acontecer mais. No Novo, não temos políticos profissionais, somos pessoas que desejam um país melhor. Vamos lutar para isso”, destacou o deputado federal.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.