Vice-prefeita Isabella de Roldão marca presença na COP26 com a busca de novas parcerias para o desenvolvimento urbano sustentável do Recife

Agenda da gestora na Conferência da ONU para a Mudança do Clima inclui encontros bilaterais e palestras em três painéis. Além de defender interesses do Recife, Isabella também atuará pela integração de países da América do Sul, como embaixadora da Alliance

Após uma semana histórica como primeira mulher a assumir a gestão na Prefeitura do Recife, enquanto o prefeito João Campos representava a cidade na Conferência da ONU para a Mudança do Clima (COP26), a vice-prefeita Isabella de Roldão também desembarca em Glasgow. Na capital escocesa, Isabella desempenhará dois papéis: ratificará compromissos e irá costurar novos acordos em benefício do desenvolvimento urbano sustentável do Recife, além de ampliar o networking em busca de financiamento climático, na condição de embaixadora para a América do Sul da Cities Climate Finance Leadership Alliance.

“Nossa atuação reforçada na COP26 traz benefícios diretos para a nossa cidade, sobretudo no que diz respeito à garantia de recursos para o financiamento de projetos e ações. Também cumpre uma lacuna imensa e vergonhosa deixada pela presidência da República, considerando que o Brasil foi o berço do surgimento da COP26, no histórico evento Rio-92, que discutiu meio ambiente e desenvolvimento, em 1992, no Rio de Janeiro. Na falta de uma presença institucional forte do governo federal, são os governos subnacionais, Estados e municípios, que assumem o protagonismo com muito compromisso e responsabilidade.”

Cumprindo uma programação intensa, já nesta segunda-feira, a vice-prefeita participa de um jantar com outros gestores latino-americanos, a convite do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). O objetivo é tratar da Agenda Verde do CAF e identificar coletivamente os desafios apresentados na região para a implementação das Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDC), assim como acessar financiamento climático e articular parcerias de transferência tecnológica para o fortalecimento de capacidades.

Ainda com o CAF, Isabella tem confirmada uma reunião bilateral com o Vice-presidente de Desenvolvimento Sustentável, Julián Suárez, e será palestrante no evento Catalyzing Climate Action in Cities (Impulsionando a Ação Climática nas Cidades), marcado para esta terça-feira (9/11), a partir das 14h50 (horário de Brasília).

Também na terça-feira, ao lado do governador Paulo Câmara, a vice-prefeita assina a Declaração de Edimburgo e faz um anúncio importante para o Recife junto ao ICLEI América do Sul – Governos Locais pela Sustentabilidade. O evento ocorre no Pavilhão LGMA, dedicado aos governos subnacionais.

Outro encontro agendado é com representantes da Timbeter, startup da Estônia que atua com tecnologia verde e instalará no Recife seu primeiro escritório no Brasil, no parque tecnológico do Porto Digital. A Estônia também pretende ampliar sua presença diplomática no Recife.

Durante esta segunda semana da COP26, Isabella de Roldão ainda palestra em pelo menos outras duas oportunidades. Na quarta-feira (10), fala sobre Economia Circular em evento organizado pelo ICLEI. Já na quinta-feira (11), o compromisso é com a Alliance, no painel Financing the Sustainable Cities of the Future: What will it take to get there? (Financiando as Cidades Sustentáveis do Futuro: o que fazer para chegar lá), às 12h30 (horário de Brasília), na Green Zone. A conversa poderá ser acompanhada por meio do link https://youtu.be/O2f8st-dkf0.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.