Vice-prefeito e pré-candidato a prefeito de Água Preta, Tonhão sofre derrota na Justiça Eleitoral

Nem mesmo começou a campanha eleitoral e o nome do pré-candidato a prefeito de Água Preta Tonhão (PROS) já está envolvido em mais uma polêmica. Por decisão da Justiça, Tonhão terá que pagar uma multa no valor de R$ 25 mil reais pela prática de propaganda eleitoral antecipada.

De acordo com as informações, o pré-candidato teria realizado uma carreata pela ruas do município, na tarde do último dia 16 de agosto, e ainda publicado fotos e vídeos do eventos em suas redes sociais.

A defesa de Tonhão, por sua vez, tentou alegar que não era possível confirmar a data das fotos e vídeos ou que não se tratava de montagem. A defesa ainda afirmou que o ato contra Tonhão era motivado por má-fé.

No entanto, os argumentos não bastaram. O juiz Rodrigo Ramos Melgaço, na sentença, afirma que estava “plenamente demonstrada a prática de propaganda eleitoral por meio de carreata ocorrida na cidade de Água Preta, na tarde do dia 16 de agosto do ano corrente”.

Ainda no documento, o juiz expôs que não apenas foi violada a legislação eleitoral, “como também as normas sanitárias editadas no Estado de Pernambuco no que se refere a aglomerações de pessoas em período de emergência de saúde pública”.

A sentença ainda deixa claro que não existe a possibilidade de flexibilização da multa visto que o acontecimento está em total desacordo com a lei. “E com a plena atuação do representado incitando a população em ato manifestamente ilegal, logo, não suscetível de gradação flexível, portanto, é caso de fixação da multa máxima”, enfatizou o juiz.

Além da multa, Tonhão terá que apagar qualquer postagem em rede social que faça menção ao ato.

Recentemente, outra polêmica envolveu o nome de Tonhão nesse suposto evento. O pré-candidato governista anunciaria na data o nome do pré-candidato a vice escolhido para a chapa, Shaolin. O problema é que Shaolin não teria aparecido no evento, deixando o atual prefeito Eduardo Coutinho e o vice-prefeito Tonhão em uma verdadeira saia justa diante dos apoiadores.

 

Confira a sentença no link abaixo:

Sentença-1 (2)

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.