Welington da LW denunciado no MPPE por descumprir decisão judicial, em Arcoverde

O candidato do MDB à Prefeitura de Arcoverde, Wellington da LW, foi denunciado na manhã dessa sexta-feira, dia 16 de outubro de 2020 perante o Ministério Público de Pernambuco por descumprimento de decisão judicial bem como pelo cometimento de crime de propagação de doença contagiosa.

Segundo a denúncia, na noite do dia 15 de outubro, Wellington realizou caminhada e bandeiraço na COHAB I, ocasionando grande aglomeração de pessoas, que ficou provado mediante a juntada de fotos e vídeos. Além de desobedecer a sentença da Justiça Eleitoral que proíbe esses eventos, Wellington poderá também responder pelos crimes previstos nos artigos 268 e 330 do Código Penal Brasileiro.

A proibição foi determinada pelo Juiz Eleitoral da 57å Zona, Dr. Drauternani Pantaleão, atendendo pedido do Ministério Público Eleitoral diante da pandemia da Covid-19 que já matou 53 pessoas até agora, sendo a última vítima nesta sexta-feira (16), e os 1.679 casos confirmados segundo o próprio boletim da secretaria municipal de Saúde.

Indiferente a esses números, o candidato do MDB já anuncia para este domingo (18) um evento que está sendo chamado de Drive In, mas no card divulgado nas redes sociais a chamada é para uma concentração de veículos em frente a garagem de uma empresa de ônibus, local tradicional de saída de carreatas que provocam aglomerações. Pra piorar a situação, um palco está sendo montado fechando a avenida já a partir deste sábado. O bairro do São Cristóvão, local a onde o candidato emedebista tá organizando o evento politico, lidera o numero de casos confirmados e de mortes com 560 pessoas infectadas e 19 óbitos.

Pelo visto a decisão judicial de proibir eventos em Arcoverde devido a pandemia não está sendo levada a sério pela campanha do candidato da prefeita Madalena Britto (PSB).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.