Coluna Fala PE – Bolsonaro e a dura tarefa de escolher seu candidato a governador de Pernambuco

By 20/10/2021 - 00:00ColunaFalaPE

O presidente da República volta a Pernambuco nesta quinta (21), para uma agenda administrativa no interior. Mas o que vai chamar atenção mesmo é a pauta política. Com o período de pré-campanha se afunilando e o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, cada vez mais distante, Jair Bolsonaro vai ter que tirar da manga um nome de dentro do Bolsonarismo para representá-lo na disputa do ano que vem.

Ao que tudo indica, Bolsonaro tem sinalizado para seu ministro do Turismo, Gilson Machado Neto. Amigo pessoal do presidente, com quem tem trânsito livre, o pernambucano se colocou à disposição do chefe para candidatar-se. “Estou pronto para qualquer coisa que ele determinar. Amanhã, pode acontecer tudo, inclusive nada”, pontuou Gilson, em entrevista à Rádio Clube.

O titular do Turismo, dentre todos os nomes apontados, é realmente o que mais recebe sinais do presidente. Além de circular sempre ao lado de Bolsonaro – quando o ex-capitão fez seu tradicional passeio de moto aqui foi Gilson quem estava na garupa -, o ministro está sempre em Pernambuco. Toda semana ele participa de algum ato do Governo Federal no estado, mesmo que a pauta em nada tenha a ver com a sua pasta.

Novo expoente do Bolsonarismo, aquele do estilo mais radical nos costumes, a deputada estadual Clarissa Tércio parece estar fazendo pressão para ser ela a indicada. A parlamentar é a mais aguerrida defensora das pautas ligadas ao presidente. Também age para ocupar espaços na mídia como sendo a potencial escolhida para a missão. Para tal, a deputada de vertente evangélica topa abrir mão de tentar a reeleição.

Também amigo do presidente e com o comando estadual do PTB, o Coronel Meira se coloca abertamente para a disputa. Em entrevistas, o policial aposentado, que já queria ter sido o candidato de Bolsonaro em 2018, reafirma sempre que seu partido lançará um postulante ao Palácio do Campo das Princesas. Só não se sabe se será ele mesmo ou outra pessoa.

Correndo por fora e menos cotado está o também deputado estadual Alberto Feitosa, que, assim como Clarissa Tércio, é um fiel e voraz defensor de Bolsonaro. O parlamentar, que foi de um extremo a outro da política, quando saiu da Frente Popular para aderir ao Bolsonarismo, apesar da defesa da agenda do presidente, parece que vai mesmo tentar a reeleição para Alepe. Mesmo com essa nova postura bolsonarista, Feitosa ainda é um político de carreira que vive de mandato.

Esse é o cardápio com o qual o presidente vai se deparar amanhã quando desembarcar no estado. Bolsonaro sabe que vai ter que ungir desses quatro nomes o seu candidato a governador. Portanto, é bem capaz que ele sinalize essa preferência com mais notoriedade nesta nova passagem por Pernambuco. Estaremos aqui atentos a todos os movimentos!

O povo quer saber: quem o leitor da coluna prefere para ser o candidato de Bolsonaro a governador?

1 Comcentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.