Pedro Campos reafirma compromissos pela sustentabilidade

By 25/10/2022 - 13:34Pernambuco


Em reunião na Semas, o deputado federal eleito foi apresentado aos projetos e ações da secretaria

RECIFE – O deputado federal eleito pelo PSB, Pedro Campos, participou, nesta terça-feira (25/10), de reunião na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) do Governo de Pernambuco. Junto a uma comitiva do Governo da Paraíba, ele foi convidado a assistir a uma apresentação da secretária Inamara Melo e sua equipe sobre o trabalho e ações da pasta, além dos projetos e planos para o futuro.

“Precisamos estar sempre debatendo e atuando pela mitigação de danos causados pelas mudanças climáticas. Essa é uma necessidade real, tendo em vista o impacto que essas mudanças geram na vida das pessoas não só pelos desastres ambientais, mas também considerando questões como a produção de alimentos e a dificuldade de acesso à água potável”, enfatizou Pedro.

Entre os pontos expostos e discutidos na Semas, estão: Política Estadual de Mudanças do Clima; Fórum Pernambucano de Mudança do Clima; Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa de Pernambuco; Plano de Descarbonização, planejamento para os próximos passos com parcerias com instituições como Iclei, Abema e CDP.

O convite para a reunião foi feito levando em conta a cadeira que Pedro vai assumir na Câmara Federal e os compromissos que ele já vem assumindo na área ambiental desde a campanha eleitoral. Ainda em setembro, passou a integrar a plataforma Vote pelo Clima, que destacou as candidaturas engajadas pelo clima, e, atualmente, vem acompanhando de perto o preparatório para a COP27, a 27ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a ser realizada de 6 a 18 de novembro em Sharm El Sheikh, no Egito. Inclusive, no último dia 20, esteve em Brasília para assistir a passagem da presidência da COP da Embaixada do Reino Unido para a Embaixada do Egito.

Já na campanha eleitoral, um dos eixos de propostas firmadas por Pedro Campos tem foco nas questões de sustentabilidade, a exemplo do incentivo a investimentos no desenvolvimento verde, buscando uma transição para a economia de baixo-carbono, e a destinação de recursos do Programa de Eficiência Energética para ampliar cooperativas de geração distribuída de energia elétrica, com foco na expansão da microgeração para comunidades rurais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.