Prefeitura e Câmara do Recife oficializam repasse de R$ 30 milhões para realização de obras públicas

Para realização de obras públicas na cidade, que contribuem diretamente na geração de emprego e renda e melhoria da qualidade de vida dos munícipes, o prefeito do Recife, João Campos, e o presidente da Câmara Municipal do Recife, Romerinho Jatobá, oficializaram, nesta quinta-feira (16), o repasse do valor de R$ 30 milhões oriundos do fundo especial do Legislativo Municipal. O acordo histórico vai permitir que a Prefeitura possa iniciar intervenções de infraestrutura urbana em diversos bairros da cidade, melhorando a qualidade de vida da população, ao passo em que gera emprego e renda para as pessoas. A verba estava sendo reservada pela Casa de José Mariano para reforma da sede da Casa de José Mariano, um prédio secular localizado no coração da capital pernambucana, no bairro da Boa Vista. A assinatura do repasse contou com as presenças do prefeito João Campos; do presidente da Câmara, Romerinho Jatobá; do primeiro-secretário da Casa, Eriberto Rafael; do líder do Governo, Samuel Salazar; da vereadora Ana Lúcia; e do secretário de Governo e Participação Social, Carlos Muniz.

“Agradeço a toda a Câmara do Recife, vereadores e vereadoras de todos os partidos, independente de ser oposição, de ser da base, por terem tido a compreensão de como é importante a harmonia entre os Poderes. E assim, fazer esse repasse de R$ 30 milhões que está saindo da Câmara de Vereadores para a Prefeitura com um compromisso nosso: 100% desse recurso vai ser revertido em investimento para a cidade, como construção de obras, novos equipamentos, com tudo o que a gente pode criar de novo, desde à colocação de um corrimão em uma escadaria, a poder calçar uma rua, fazer a drenagem, recuperar uma praça, construir uma creche, uma unidade de Saúde, por exemplo”, declarou o gestor municipal, João Campos.

O prefeito esclareceu ainda o critério que será utilizado na destinação do recurso. “A decisão da aplicação tem um critério importante a ser seguido: demandas que têm um maior índice de prioridade e de necessidade da cidade. Esse valor é para novas obras, novos investimentos. Nosso foco é trazer benefícios duradouros”, completou o prefeito do Recife.

Os recursos devolvidos à Prefeitura serão utilizados para viabilizar obras de infraestrutura urbana, dentre outras intervenções em diversas áreas do Recife. O volume é resultado de uma série de economias realizadas pela Câmara Municipal da cidade, a exemplo da diminuição de custeio e a informatização dos processos, além dos cortes provocados pela pandemia.

“Esse recurso é fruto do duodécimo do ano corrente e parte do fundo que nós temos, que foi criado por uma Lei, para aquisição de um novo prédio. Fizemos um ano de austeridade, reduzimos gastos para poder trazer agora para o município R$ 30 milhões, um número histórico na cidade, para ser investido em obras que afetem diretamente a vida do recifense. Essa foi uma decisão unânime de todos os vereadores e vereadoras, que pensaram na cidade e no cidadão recifense”, disse o presidente da Câmara Municipal do Recife, Romerinho Jatobá.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.