Miguel Coelho demonstra preocupação com alarmantes índices de violência que assolam Pernambuco

By 03/03/2023 - 09:10Pernambuco

É com grande preocupação e tristeza que Miguel Coelho, ex-candidato a governador de Pernambuco, observa os alarmantes índices de violência que assolam o Estado. Segundo o levantamento do Monitor da Violência, divulgado na última quarta-feira (01.03), pelo Portal G1, Pernambuco foi o estado brasileiro com o maior número de homicídios por 100 mil habitantes em 2022, registrando 35,3 assassinatos.

“Esses dados são estarrecedores e deixam claro que a segurança pública em Pernambuco tem sido negligenciada pelas últimas gestões. O Estado tem um legado maldito em relação à violência e a atual gestão precisa tomar medidas duras e urgentes para reverter essa situação”, destaca Miguel.

Segundo o político, a garantia da segurança pública é um direito fundamental do cidadão, previsto na Constituição Federal de 1988, mas os pernambucanos estão à mercê da sorte. “O que temos visto em Pernambuco nos últimos anos é um completo descaso com esse direito. As pessoas não podem exercer sua cidadania em segurança, seja no trabalho, na convivência em sociedade ou no lazer, triste realidade”, pontua.

Miguel também destaca medidas importantes no enfrentamento deste desafio. “É necessário fortalecer os poderes constituídos de segurança e inteligência para combater efetivamente a violência em Pernambuco. As polícias precisam ser equipadas e valorizadas, pois cada pessoa por trás da farda é um ser humano, um pai ou mãe de família que precisa de condições adequadas de trabalho e de atenção à saúde física e mental”, frisa.

“Não podemos mais suportar a falta de segurança pública em Pernambuco. É preciso que quem está no poder tome medidas urgentes e efetivas para proteger a vida e garantir a segurança dos cidadãos. O momento exige ações concretas para mudar a triste realidade da violência em nosso estado. As pessoas não podem pagar o preço devido a omissões ou incompetência de quem quer que seja.” concluiu Miguel Coelho.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.